Cartas para Maria | Rafael Stein

Era um domingo em casa. Somente eu e o Francisco enquanto ele brincava:

Francisco: Papai, minha barriga está roncando.

Eu: Vou preparar o lanche da tarde para você! O que você quer?

Francisco: Eu quero bem caprichado.

Fim!

 

 

 

Compartilhe