Era oito de setembro, era a primeira vez que ficaria fora de casa por mais tempo.

No dia seguinte começaria a minha peregrinação pelo Caminho do Sol. Fiquei andando pela casa e enrolando para sair, não queria chorar ao me despedir e por um momento fiquei em dúvida se deveria ir ou não. Então coloco a mochila nas costas e a Maria Clara ao perceber me chama.

Maria Clara: “Papai, espera”

Eu: “O que foi?”

Ela sai correndo, vai até o quarto e volta com o Buzz na mão.

Maria Clara: “Eu trouxe uma coisa para você se lembrar de mim”

Abracei ela, me despedi dela e da mamãe

E foi assim durante, durante os 241km, o Buzz  pendurado na minha mochila e elas no meu coração.

Fim.

Compartilhe

About the Author: Rafael Stein

Rafael Stein é pai da Maria Clara e do Francisco, autor do cartasparamaria.com.br no qual escreve cartas e bilhetes para que seus filhos leiam no futuro, coautor do livro "Luto por perdas não legitimadas na atualidade", voluntário na Casa Paliativa, membro do projeto Luto do Homem.

Categorias

Mec

Posts Relacionados