No dia dos pais sou “acordado” com café da manhã na cama, feito por eles. Ganho um perfume e segue o diálogo:

Eu: “Adorei. Como vocês sabiam que eu estava precisando?”

Francisco: “Eu sei”

Maria: “Cheira aqui. Experimenta”

Eu: “Muito bom. Adorei. A mamãe não iria resistir.”

Maria: “Não mesmo”

Fim.

Compartilhe

About the Author: Rafael Stein

Rafael Stein é pai da Maria Clara e do Francisco, autor do cartasparamaria.com.br no qual escreve cartas e bilhetes para que seus filhos leiam no futuro, coautor do livro "Luto por perdas não legitimadas na atualidade", voluntário na Casa Paliativa, membro do projeto Luto do Homem.

Categorias