Filha, este texto foi escrito por Marcos Piangers quando a irmã descobriu um tumor agressivo na mama esquerda. Quando eu e sua mãe vimos o texto pela primeira vez não sabíamos da coincidência das características do tumor iguais ao da mamãe e não sabíamos que ele havia escrito por este motivo.

De qualquer forma ele reflete o que pensamos sobre tudo o que temos passado nestes últimos meses. É evidente que não queríamos passar por isso mas como a sua mamãe diz “o câncer faz parte da nossa vida mas ele não é a nossa vida” e isso também vai passar.

Não é uma tragédia

Essas coisas acontecem. Um jovem adoece no verão. Um senhor é atropelado por um taxi. A biópsia aponta que o tumor é maligno. Essas coisas acontecem todo dia. E todos os dias saímos de casa achando que jamais acontecerá conosco. Uma doença leva embora um pai. O médico comunica um exame preocupante. Uma moto atravessa um sinal fechado. Todos os dias isso acontece. E todos os dias nossos planos são os mesmos. Trabalho, almoço, trabalho, jantar.

Não acho que seja uma tragédia quando essas coisas acontecem com a gente. Dizemos: “Que tragédia! Morreu tão cedo!”. Não acho que seja uma tragédia. Acho que a vida é um amontoado de caos e coincidência. Acho que hoje estamos aqui e amanhã não estamos mais. Uma tragédia é não agradecer por esse tempinho que estamos aqui. Uma tragédia é não valorizar a vida em família. Uma tragédia é trocar o sorriso do nosso filho pelo celular. Um passeio em família pelas preocupações do trabalho.

Uma tragédia é não abraçar as pessoas hoje. Uma tragédia é passar a vida em branco. Uma tragédia é achar que um dia vamos ser felizes, não hoje. Uma tragédia é achar que não vai acontecer com a gente. E a vida vai ficando pra depois. Um dia eu mudo de emprego. Um dia eu digo que gosto dela. Um dia eu faço uma viagem. Um dia eu vou ser voluntário nesse projeto.

Não acho que seja uma tragédia uma jovem cheia de planos descobrir uma doença grave. Acho uma tragédia quando aprendemos a valorizar o que temos só depois de perder. Acho uma tragédia não termos ido ainda para aquela viagem dos nossos sonhos. Acho uma tragédia viver de aparências. Acho uma tragédia ter comprado coisas achando que isso seria felicidade. Acho uma tragédia trabalhar em algo que você odeia. Acho uma tragédia você passar a vida brigado com alguém.

A morte não é uma tragédia. Tragédia é quando a gente não viveu.

SOBRE O AUTOR

Você pode ler mais e conhecer o Marcos Piangers nos links abaixo:
Site – http://www.piangers.com
Facebook – https://www.facebook.com/marcospiangers
Instagram – https://www.instagram.com/piangers
Podcast – https://soundcloud.com/piangers
Youtube – https://www.youtube.com/piangers