Cartas para Maria | Rafael Stein

amanheço
inspiro
corpo
silêncio
saudade
expiro

todo dia
crio espaços
sinto
ouço
a sua parte em mim
todo dia

Compartilhe