Cartas para Maria | Rafael Stein

Hoje às 06:26 a mamãe virou estrelinha e passou para o outro lado do Caminho e vou pedir a licença para roubar as palavras de Santo Agostinho:

O que ela era ela vai continuar sendo para nós.

Sentiremos falta mas sempre lembraremos dela com alegria.

Ela continua viva e hoje não será um adeus. Por isso não vamos utilizar um tom solene ou triste, continue a rir daquilo que ela nos fazia rir juntos.

Rezem, sorriam, pensem nela. Rezem por ela.

Ela não está longe, apenas está do outro lado do Caminho.

E nós vamos seguir em frente pois a vida continua. linda e bela como sempre foi e como ela sempre quis que seguíssemos.

Um beijo,

Seu pai.

Compartilhe